Série exchanges: Foxbit

Seguindo com nossa série sobre as exchanges operantes no Brasil, analisaremos nesse artigo a Foxbit. A exchange que tem o visual mais cool e jovial do Brasil. A Foxbit durante muito tempo foi vista como a melhor exchange do Brasil e que possuía os maiores volumes. Contudo, problemas aconteceram e hoje a Foxbit amarga às vezes o terceiro ou quarto lugar entre os maiores volumes de negociação do Brasil, segundo o Cointradermonitor.

Nosso primeiro artigo, que abriu essa série, analisamos a Brasil Bitcoin, leia mais aqui e descubra um pouco mais sobre a Brasil Bitcoin e faça um teste com plataforma deles. De todas as exchanges nacionais já analisadas e que serão publicadas nessa série, consideramos a plataforma e o serviço da Brasil Bitcoin, o mais adequado ao perfil dos investidores nacionais.

 

Sobre a plataforma

A Foxbit foi a que apresentou durante muito tempo, a melhor plataforma do Brasil. Era uma plataforma ágil, fácil de usar, extremamente funcional, e segura, apesar dos críticos. Tratava-se de uma parceria entre ela e a Blinktrade. Que está entre as maiores do mundo no fornecimento de soluções para exchanges. Quando devido ao crescimento consistente que a Foxbit apresentou nos últimos 3 anos e devido ao crescimento exponencial da clientela em virtude do FOMO causado pelo último da rally do Bitcoin no ano passado, com mais de 1500 cadastros por dia, no auge da cotação em novembro/dezembro; faltou mãos para dar conta de tando trabalho.

Em março desse ano, a Foxbit ficou 12 dias fechada para transações, ainda devido à problemas com atendimento. Houve também o caso de phishing, do qual até a Mercado Bitcoin também já fora vítima. Houve clientes perdendo R$500 mil nessa ação. Contudo, não se pôde imputar culpa à Foxbit, devido ao fato de que os clientes que clicaram em link malicioso e não ficou caracterizado erro ou vício na plataforma. Há fortes indícios, ainda que não confirmados pela Foxbit, de ações de hackers asiáticos nesse evento de phishing. Eis o custo que se paga pelo gigantismo.

Após todos esses eventos, a Foxbit e Blinktrade encerram a parceria, o resultado: meses de problemas com a nova plataforma e a tentativa de se criar uma plataforma caseira e acelerar o desenvolvimento da FoxFast que já vinha sendo desenvolvida desde o ano passado. A plataforma atual depois de meses, está bem redonda e proporcionando uma boa experiência aos usuários, mas Foxbit pagou um preço por isso, perdendo posições no mercado:

 

A Foxbit atualmente opera com os pares de Bitcoin/Real e Litecoin/Real. Um bom avanço para se ampliar a base de investidores. O investimento mínimo na Foxbit atualmente é de R$100.

 

 Segurança da plataforma

 

Autenticação 2FA ativa e padrão para trading.

 

Redes sociais

A comunicação visual da Foxbit é toda voltada para jovialidade. Sua iconografia atualmente mais parece uma chamada de Malhação. Mas isso há um porque: toda a equipe da Foxbit é muito jovem e isso está retratado na sua comunicação. A presença da Foxbit nas redes sociais é outro exemplo disso. Sua presença no Facebook por exemplo, demonstra números relevantes:

 

No Instagram como o perfil é recente, ainda não apresenta números dignos de Foxbit:

 

No Twitter os números de seguidores é mais relevante que do Instagram:

 

Gostamos de analisar as redes sociais e envolvimento dos clientes à exchange, pois essa análise muitas das vezes explica coisas básicas, por exemplo: volume de negócios.

A alta adesão das comunidades em volta da Foxbit, explica seu volume de transações.

Boa parte do tráfego gerado na plataforma, é orgânico. Vindo direto da busca do Google e da arma secreta da Foxbit: a Cointimes:

 

Fica claro que a estratégia da Foxbit em lançar o seu próprio portal de notícias, lhe deu autonomia sobre os outros veículos de notícias que na maioria das vezes não são amigáveis à Foxbit e lhe manteve no radar dos usuários, mesmo quando esteve fora das operações regulares.

 

A Foxbit possui formidável presença social e isso os leva a manter um volume de negócios muito alto. Mesmo tendo perdido liderança para no volume de negócios. A Foxbit no dia dessa redação, apresentou 55,80 btc como volume de negócios: R$ 1.341.090,66

 

 Foxbit – taxas

 

A Foxbit possui uma das menores taxas das empresas de bitcoin do Brasil. Confira:

  • Depósito em R$: 0%
  • Saque em Real: 1,39%
  • Saque em Real para bancos não conveniados: 1,39% + R$ 9,70
  • Saque em Bitcoin: 0,00013 btc **
  • Execução de Ordem Passiva: 0,125%*
  • Execução de Ordem Ativa: 0,25%*

*Desconto promocional de 50% válido até o dia 2 de Agosto de 2018.
**Taxa variável conforme tráfego da rede blockchain

 

 Métodos de depósito

 

Para realizar um depósito na Foxbit, é necessário criar uma ordem e realizar uma transferência de no mínimo R$ 100,00 (Cem reais).

A Foxbit possui conta em 4 bancos: Caixa, Bradesco, Banco do Brasil e Inter (antigo Intermedium).

Caso você não tenha conta em nenhum desses bancos, ainda sim poderá utilizar a Foxbit . Nesse caso, você deverá fazer um TED.

OBS: Atualmente o Banco Do Brasil, saques estão limitados em R$ 50.000,00 por operação.

 

                           Negocie Bitcoins com a melhor plataforma do Brasil – Brasil Bitcoin. 

Siga-nos no Telegram   no WhatsApp   no Twitter

 

 

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]