QR Capital lança nesta quarta (03) o QR Rocket, serviço de gestão com foco em projetos promissores da criptoeconomia

Carteira do produto, com alto potencial de valorização, tem criptoativos abaixo dos 20 maiores em valor de mercado

A QR Capital, fintech de gestão de criptoativos que trabalha com os princípios da transparência e da autorregulação, lança, a partir desta quarta-feira (03/04), o QR Rocket. O inédito serviço de gestão de criptoativos (SGC) é baseado numa carteira com diversos projetos menos conhecidos, situados abaixo das 20 maiores em valor de mercado, segundo o CoinMarketCap. O produto possui alto potencial de valorização em médio e longo prazos. No primeiro mês, em março, o SGC gerou a excelente rentabilidade de 14,06%, a partir da combinação de investimentos em 18 moedas.

Para decidir em que projetos investir, os analistas da QR Capital acompanham semanalmente os 30 projetos mais promissores no mercado, enquanto a equipe de gestão distribui as alocações entre 10 a 18 dos criptoativos selecionados. Embora sejam criptoativos mais voláteis, a QR Capital assegura uma gestão de risco adequada ao investimento, sempre respeitando métricas.

O CEO da QR Capital, Fernando Carvalho, explica que o produto é orientado a pessoas que desejam investir em projetos promissores sem terem que gastar seu tempo pesquisando as inúmeras iniciativas da criptoeconomia. “O QR Rocket possibilita o investimento em criptoativos de maior risco porém com maior potencial de retorno, escolhidos criteriosamente por nosso time de pesquisa após longa análise dos principais projetos de blockchain existentes no mercado”, afirma.   

A rentabilidade do SGC é em TrueUSD, criptoativo lastreado no valor do dólar. As taxas cobradas são as mesmas dos outros produtos da QR: 2% ao ano de administração e 20% sobre a rentabilidade semestral ou acumulada até o momento do resgate. Após o pedido de resgate, o saldo em criptomoedas ficará disponível em cinco dias.

Os criptoativos que compõem a carteira são escolhidos cuidadosamente por Gabriel Aleixo, líder do time de Pesquisa da QR Capital, que indica o caminho a partir de alguns critérios. “A escolha dos ativos se baseia na demanda real que o produto tem no mercado e na análise de fundamentos como a evolução de preço do token, métricas de uso dos criptoativos e time de desenvolvedores responsáveis pelo projeto”, diz.

O gestor responsável pelo trade da fintech, Rafael Lima, faz uma analogia com o mercado convencional. “O Rocket, numa comparação livre, seria um misto de ‘small caps’ com ‘venture capital’, porque o alvo do serviço são as criptomoedas associadas a pequenos projetos com boas perspectivas de valorização”, explica.    

SOBRE A QR CAPITAL

A QR Capital é uma fintech criada em 2017, que nasceu da união de sócios egressos dos mercados financeiro, de tecnologia e corporativo. Além de Fernando Carvalho, CEO da QR Capital, também fazem parte do corpo societário Marcos Bodin, investidor reconhecido no mercado financeiro e fundador da Arkhe Corretora; José Henrique Secco, economista com experiência no mercado financeiro de quase três décadas, David Gibbin, desenvolvedor de soluções de TI para o mercado financeiro há mais de 15 anos; e a Investtools, software house, reconhecida por soluções tecnológicas para o mercado financeiro e por iniciativas de blockchain, como o BNDES Token. A empresa anunciou, em fevereiro deste ano, um importante acordo operacional com a Foxbit. A parceria possibilitou, pela primeira vez na história do setor, que uma grande corretora oferecesse dentro de sua própria plataforma a possibilidade de gestão de criptoativos, com rentabilidade, que antes ficavam guardados em carteiras de clientes.

Siga-nos no Telegram   no Instagram  no Twitter

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]