Mineração em nuvem volta a valer a pena

Na semana passada, o mercado global de cryptomoedas iniciou o segundo trimestre com uma enorme recuperação, o Bitcoin liderou o mercado em 2 de abril, aumentando mais de 20% em uma hora para US$ 4961, seu maior preço desde 19 de novembro de 2018. Bitcoin foi um dos itens entre os dez mais procurados do Google, atingindo mais de 100.000 pesquisas por dia.


Estes são vários sinais de melhorias que indicam que o Bitcoin se libertou de seu bear market, as margens da mineradora estão voltando aos trilhos e o negócio de mineração tornou-se lucrativo novamente.

Minerar em casa nunca é um bom negócio, é sempre bom destacar. Pois o custo elétrico consome todo o lucro na mineração. O ideal para quem quer investir em mineração é buscar um serviço robusto e confiável para mineração em nuvem ou para quem quer abordar a mineração assimétrica, investir em masternodes. Leia mais sobre masternodes aqui.

Há diversas empresas no mercado e poucas são confiáveis. Outras no entanto são muito bem posicionadas.

A Hash.pro entre todas as mineradoras consultadas por esse portal, possui o melhor custo benefício.

As novas máquinas são atualmente a opção mais procurada pelos mineiros, o ROI anual esperado é de até 55,14%.
 
Aqui estão outras informações relevantes:
 
ROI anual esperado: 55,14%
Preço do contrato: US$ 16/Th
Tempo do contrato: 2 anos
Taxa de manutenção diária: US$ 0,16/Th

Conheçam a Hash.Pro.

Siga-nos no Telegram   no Instagram  no Twitter

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]