Shakti Coin: O adversário suíço para Bitcoin?

O projeto Shakti é uma iniciativa internacional comunitária que existe independentemente de qualquer afiliação com indústrias, governos, religiões ou partidos políticos. A Swiss Shakti Foundation é uma organização sem fins lucrativos com sede em Zug, Suíça, encarregada de fornecer supervisão imparcial do ecossistema Shakti.

Propriedade de mineração distribuída

A Rede Shakti será sempre 100% de propriedade do público e por ele operada. Qualquer pessoa ou entidade pode participar como um operador de nó (minerador) da Rede Shakti. A Shakti Foundation preservou o singular mandato de Satoshi de deixar a propriedade nas mãos dos operadores do nó.

O protocolo PoE substitui o protocolo exigente de energia da Bitcoin sem comprometer a segurança. Por exemplo, um computador dedicado à mineração da Shakti Coin com a licença T400 Power Mining consumiria aproximadamente o mesmo que um servidor de e-mail, mas seria potencialmente capaz de produzir uma receita de mineração projetada de mais de US$ 10.000 por mês em valor equivalente em SXE dentro de 18 meses.

Somente o site www.shakticoin.com pode distribuir licenças de mineração. Cuidado com e-mails de phishing com convites ou sites falsos com URLs parecidas. Esse tipo de coisa se tornou comum, então pedimos aos potenciais mineradores que prestem atenção aos detalhes.

A mineração das Shakti Coin será limitada, especialmente no início. O número de vagas de mineração disponíveis crescerá com a rede. Neste momento, o ecossistema Shakti aceitará apenas poucos mineradores, de acordo com a ordem de inscrição.

As inscrições para minerar Shakti Coins serão abertas país a país nos próximos dias. Um número limitado de licenças de mineração de energia estará disponível para mineradores ativos em proporção à população. Por exemplo, Índia, China e EUA terão números equivalentes de mineradores de energia proporcionais à sua população, que serão disponibilizados por ordem de chegada. 

O ecossistema Shakti foi projetado para manter um valor estável de US$ 5,00. Portanto, não há possibilidade ou oportunidade para subidas ou quedas fraudulentas do valor.

Com seu protocolo PoE, a Fundação Shakti gostaria de substituir o protocolo Bitcoin, que exige muito dispêndio de energia, sem a necessidade de sacrificar a proteção. Por exemplo, um PC da Shakti Coin Mining com uma licença T400 Power Mining emprega energia elétrica tanto quanto um servidor de e-mail.

Ao limitar as licenças, a fundação também gostaria de neutralizar a dificuldade de centralização da mineração. A mineração é baseada principalmente no princípio de distribuir apenas 1 licença de nó.

O whitepaper do projeto tem sido publicado aos poucos:

  1. Parte do White Paper: 18/04
  2. Parte do White Paper: 23/04
  3. Parte do White Paper: 07/05
  4. Parte do White Paper: 19/05

O Cryptowatch indica a Nox Trading para se realizar os melhores negócios de trading( automatizado ou manual), market making e OTC.

Siga-nos no Telegram   no Instagram  no Twitter


%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]