Mercado nacional de DeFi se desenvolve, com mais um projeto sendo lançado, Carnaval.Finance

 

O crescimento exponencial do mercado DeFi reflete o potencial das moedas digitais e plataformas descentralizadas para oferecer uma alternativa ao paradigma das finanças tradicionais que há décadas têm visto uma consolidação constante, sufocando a inovação e reduzindo a inclusão financeira. O mercado DeFi está criando uma camada fundamental para serviços financeiros baseados em blockchain dentro da economia digital emergente.

O mercado nacional também se destacou no lançamento de diversos projetos, como o Zcore, e seu token Zefi, além do mais recente, Carnaval.Finance. O projeto DeFi da Carnaval.Finance está em fase de lançamento e com um airdrop em ação.

Por meio da integração à Binance Smart Chain a Carnaval.Finance expandirá o acesso global ao token Carnaval (CRNL) enquanto cria valor para os atuais detentores de tokens que participarem do airdrop

Uma das vantagens da Binance Smart Chain é que ela permite negociações menores com custos de transação mais baixos, reduzindo as barreiras de entrada para muitos indivíduos, uma barreira de entrada para muitos investidores que buscam exposição ao mercado DeFi, mas são impedidos pelos altos custos das transações na rede Ethereum. 

“Nosso token possui uma tecnologia de ganhos automáticos, ou seja, a cada transação que ocorrer, o detentor de CRNL irá ganhar de maneira segura na sua própria carteira mais tokens Carnaval (CRNL), a custódia ficará sempre nas mãos do detentor que sempre ganhará 2% das taxas trafegadas em nossa rede”. – segundo Lucas de Andrade, líder do projeto.

O token CRNL está sendo negociado na DEX também baseada na Binance Smart Chain, a Bogged.Finance, ao preço de US$ 0.32, em 24h após seu lançamento. No instante dessa redação o tokens já acumula valorização de 664.96%. Os tokens também podem ser comprados no par BNB/CRNL na Pancakeswap.

 

Fonte: Bogged.Finance

DeFi focado para o mercado de carnaval

O smartcontract do Carnaval.Finance possui um mecanismo para impedir que haja ações de pump/dump, enquanto as negociações do CRNL estiverem com baixo volume.

Segundo Lucas de Andrade, 50% dos tokens foram queimados e o pool está com lock e o autor reiniciou o contrato, portanto ele não pertence a ninguém. Ainda segundo Lucas, líder do projeto, o autor do projeto é uma figura proeminente do carnaval carioca, mas prefere se manter no anonimato por enquanto até o carnaval.

  • Porque não iniciar seus investimentos em Dogecoin, aprendendo a jogar e apostar em um cassino? Conheçam o CasinoDoge.

O projeto pretende doar parte dos lucros das operações de farming para projetos sociais ligados ao carnaval e outras entidades.

O volume do CRNL no instante dessa redação é de US$ 8.546, com liquidez de US$ 11 mil e um marketcap de US$ 14.924 milhões. O suprimento do token é de 89 milhões, uma referência a quantidade de carnavais já realizados no Rio de Janeiro e desse total 47 milhões estão em circulação.

 

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]