Para mega investidor de ouro, Bitcoin nunca valerá US$ 100 mil

Para Peter Schiff, um economista e um dos maiores investidores de ouro do mundo, além de ser um contumaz crítico do Bitcoin, vem afirmando em seu Twitter desde as recentes quedas que o Bitcoin nunca chegará aos US$ 100 mil. Ele também afirmou que a bolha do Bitcoin “finalmente acabou” como publicamos aqui.

Esses embates entre apoiadores e figuras antagônicas ao Bitcoin são frequentes nas redes sociais e em especial no Twitter, onde estão concentrados os maiores formadores de opinião. Recentemente Thomas Lee, CEO da casa de pesquisa mais influente de Nova York, a Fundstrat, entrou em embates no Twitter. Quando este afirmou que o Bitcoin valoriza-se em ciclos curtos e desvaloriza-se em ciclos mais longos.

Lee não chega a ser tão atacado como Peter Schiff, até porque suas opiniões sobre o Bitcoin não são tão demeritórias quanto as de Schiff, visto que ele possui um histórico de erros de avaliação sobre o desempenho dos preços do Bitcoin e isso os entusiastas não esquecem.

E não somente entusiastas desconhecidos entram em escaramuça com Peter Schiff, figuras chaves no ecossistema de análises das criptomoedas também se posicionam contra as suas opiniões. Como foi o caso de Dan MacArdle, fundador da Messari, uma influente casa de análises.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]