Outubro: Mês brutal para o bitcoin e outras cryptomoedas

Se você achou que o mês de outubro foi difícil para as ações, dê uma olhada no mundo das criptomoedas. Para destacar o quanto a ação nas criptos foi brutal em outubro, cada uma das 14 moedas digitais com capitalização de mercado maior que US$ 1 bilhão fechou o mês abaixo de onde havia começado o último dia de negociação de setembro.

A capitalização de mercado de todas as moedas digitais caiu para US$ 196,3 bilhões em 12 de outubro, não tão longe dos seus patamares mais baixos do ano, antes de encerrar o mês em US$ 203,3 bilhões, ainda assim mais do que US$ 600 bilhões abaixo do seu pico mais alto de todos os tempos de US$ 828 bilhões, alcançado em 8 de janeiro.

O desempenho decididamente baixista do criptomercado em outubro foi atribuído a uma variedade de fatores, incluindo rumores de que a Bitfinex, terceira maior corretora de criptomoedas por volume, iria suspender todos os depósitos de moedas fiduciárias.

Os mercados também ficaram agitados quando a Tether, moeda estável mais popular, perdeu o patamar de US$ 1 e passou a ser negociada a 88 centavos. Uma moeda estável é tradicionalmente negociada em torno de US$ 1 por ser uma moeda respaldada pelo dólar americano e usada por investidores para negociar diferentes criptomoedas, em vez de usar moedas fiduciárias.

Para piorar ainda mais os ânimos, um relatório do Fundo Monetário Internacional afirmou que “o crescimento rápido e contínuo dos criptoativos pode criar novas vulnerabilidades no sistema financeiro internacional”.

De fato, o preço do Bitcoin, maior moeda virtual do mundo por capitalização de mercado, caiu 3,8% em outubro e encerrou o mês ao redor de US$ 6.300. O Bitcoin caiu cerca de 54% desde o início do ano, à medida que órgãos reguladores ao redor do mundo começaram a investigar uma indústria que era inicialmente abraçada por quem não confiava em bancos e no controle governamental sobre a política monetária.

 

Três maiores cryptomoedas perdedoras de outubro

1. XRP: queda de 22,1%

Uma moeda de XRP (XRP/USD) trocou de mãos pelo valor de US$ 0,58240 em 1 de outubro, depois de despencar para US$ 0,37800 em 12 de outubro. A moeda finalizou o mês a US$ 0,45358, o que corresponde a uma queda mensal de 22,1%.

Nos preços atuais, o XRP é a terceira maior criptomoeda em circulação, perdendo apenas para Bitcoin e Ethereum, com capitalização de mercado de cerca de US$ 17,7 bilhões. No acumulado do ano, o XRP caiu impressionantes 77%, o que o faz ser uma das criptomoedas mais perdedoras de 2018.

Em grande medida, não há uma razão particular para a recente queda no preço do XRP. Do ponto de vista técnico, o gráfico do XRP indica que os vendedores estão firmemente no controle, pois os preços romperam os níveis mais importantes de suporte no mês passado.

2. Bitcoin Cash: queda de 19,4%

O preço de um Bitcoin Cash (BCH/USD) foi negociado a US$ 533,22 em 1 de outubro. Desse patamar, a moeda despencou 19,4% e encerrou o mês a US$ 426,99.

Atualmente, é a quarta moeda digital mais valiosa em circulação, com capitalização de mercado de cerca de US$ 7,2 bilhões. Bitcoin Cash sofreu uma queda de 81,9% até agora no ano, o que o faz ser, neste ponto, uma das criptomoedas com pior desempenho em 2018.

Assim como o resto do criptomercado, o Bitcoin Cash entrou em uma espiral de baixa nas últimas semanas, sem nenhum catalisador particular como fundamento por trás do forte movimento de queda.

3. Iota: queda de 17,7%

Depois de iniciar o mês a US$ 0,56143, IOTA (IOT/USD) despencou 17,7% em outubro e encerrou o mês a US$ 0,46849. Atualmente, é a décima terceira moeda digital mais valiosa em circulação, com capitalização de mercado de cerca de US$ 1,2 bilhão.

IOTA caiu 86,6% até agora no ano, o que o faz ser a segunda criptomoeda com pior desempenho em 2018, até este ponto, ficando atrás apenas do Cardano, que perdeu 91% neste ano.

IOTA, assim como outras moedas alternativas no mercado, viu seu valor se despedaçar pelo atual declínio dos preços, embora não haja uma razão particular para as vendas.

Por Jesse Cohen

 

Invista e compre Bitcoin na Brasil Bitcoin.

                           Negocie Bitcoins com a melhor plataforma do Brasil – Brasil Bitcoin. 

Siga-nos no Telegram   no Instagram no WhatsApp   no Twitter