Ether sobe 15%, Bitcoin segue valorizado e puxa diversas outras moedas consigo

Após outro dia de negociação de fim de semana altamente volátil, consistindo em uma nova máxima histórica acima dos US$ 28.000 e uma rejeição massiva, incluindo uma queda abaixo dos US$ 26.000, o Bitcoin se acalmou e agora está negociando com segurança em torno de US$ 27.040.

A maioria das altcoins finalmente se juntou à festa com alguns ganhos impressionantes de dois dígitos, incluindo Ethereum quebrando a faixa dos US$ 700, registrando uma alta diária atual de quase US$ 740, que é a maior de 2020.

Novo ATH do Bitcoin e rejeição subsequente

O Bitcoin continuou com seu desempenho notável depois de atingir recordes consecutivos acima dos US$ 26.000 e US$ 27.000 nos dias anteriores, o Bitcoin se dirigiu a outro marco importante – US$ 28.000.

Não demorou muito para o Bitcoin quebrar acima desse patamar. O rali levou o Bitcoin ao seu pico histórico (ATH) tocando os US$ 28.400 (na Bitstamp). Impressionante, considerando o fato de que o BTC estava sendo negociado em torno de US$ 10 mil em outubro.

No entanto, quando a comunidade começou a especular sobre o próximo grande obstáculo na faixa dos US$ 30.000, os touros assumiram o comando. Nas horas seguintes, o BTC baixou mais de US$ 2.000 para uma baixa diária abaixo dos US$ 26.000. No entanto, o ativo recuperou algumas perdas e atualmente gira em torno dos US$ 27.000.

De uma perspectiva técnica, os primeiros níveis de suporte situados em $ 26.850, $ 26.500 e $ 25.700 (mínimo de ontem) poderiam ajudar no caso de outra quebra de preço.

snapshot

Ethereum acima dos US$ 700

O mercado de altcoin ficou atrás do BTC durante o último rali. Consequentemente, o domínio do bitcoin atingiu uma alta anual de quase 72%. No entanto, a maioria das altcoins despertou nas últimas 24 horas com ganhos importantes, reduzindo assim o domínio do BTC abaixo de 70%.

O Ethereum está entre os desempenhos mais impressionantes com um aumento de 15% em uma escala de 24 horas, conforme registrado hoje cedo. Como tal, a segunda maior criptomoeda em capitalização de mercado superou o preço dos US$ 700 e atingiu seu nível mais alto desde o início de 2018 – US$ 738 (Binance).

A Chainlink adicionou uma porcentagem semelhante ao seu preço e as negociações estão acima de US$ 12,5. Bitcoin Cash (4%), Binance Coin (3,5%), Polkadot (4,5%), Cardano (2,25%) também estão no verde.

Litecoin e Ripple são as duas moedas dos dez primeiros que perderam valor. LTC (-3%) luta com US$ 130, enquanto XRP (-5%) caiu para US$ 0,28.

 

 

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]