Criptomercados e índices tradicionais voltam a se recuperar

Após a queda maciça dos preços do BTC na última quinta-feira, o preço continuou a cair antes de se estabilizar em torno de US$ 5.000-5.500. No seu ponto mais baixo, o Bitcoin sofreu uma queda de 50% em relação ao preço de um mês atrás.

No entanto, estamos vendo uma recuperação hoje, com o BTC subindo quase 16% nas últimas 24 horas e ultrapassando a marca dos US$ 6 mil em muitas bolsas.

Pela segunda semana consecutiva, a contagem de transações diminuiu enquanto o volume aumentou, sugerindo que o valor médio das transações é muito maior que o normal. Isso pode sinalizar tanto grandes vendas quanto as pessoas tentando minimizar perdas, como grandes compras quando os investidores compram durante a queda, aproveitando o período de promoção.

O mercado tradicional, tanto quanto o mercado de futuros de Bitcoin, ainda buscam alguma zona de estabilidade, embora operem com alta hoje.

 

Há muita perda acumulada e não será um dia ou dois de alta para trazer de volta a alegria dos investidores. 

No Brasil, o Bitcoin opera com alta acima dos 11%, em quase todas as bolsas. Enquanto, no índice geral da Cryptocompare, o Bitcoin esteja com uma valorização de 15% em média.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]