Como as exchanges chinesas ganham dinheiro cobrando taxas 0%?

Ao longo dos últimos anos, muitas pessoas se perguntaram como as exchanges chinesas geram dinheiro cobrando taxas 0%. Não há taxas de negociação na maioria dessas plataformas, e os depósitos também não estão sujeitos a qualquer taxa. Ao mesmo tempo, essas plataformas geralmente cobram um preço premium pelo Bitcoin e também há taxas sobre empréstimo para se levar em consideração nessa conta.

 

As exchanges chinesas são muito diferentes das demais.

É evidente que as exchanges chinesas usam um modelo de receita muito diferente em relação aos seus homólogos ocidentais. Na Europa, no Brasil e nos EUA, é normal pagar uma taxa de negociação em cada compra ou ordem de venda. Mas na China, essas taxas não se aplicam, pois todas as transações são executadas com taxa de 0%.

Isso levanta a questão de como as exchanges chinesas fazem dinheiro. É algo sui generis, pensar que eles transacionam uma tonelada de volume de negócios todos os dias e não cobrar taxas parece bastante estranho. Então, novamente, comprar nas exchanges chinesas estará sempre sujeito a pagar um preço premium(ágio), que pode variar entre  3 a 8% dependendo do horário de compra.

Embora o modelo de negócios possa parecer estranho para os ocidentais, isso faz muito sentido na China. Os operadores das exchanges estão competindo para se tornarem o líder do mercado. Uma vez que são as exchanges líderes na China, eles podem adaptar seu modelo de negócios como acharem conveniente. Mas há mais, pois suas taxas de empréstimos para Bitcoin e CNY(Yuan) são maiores do que o que a maioria das exchanges costumam cobrar.

Para colocar isso em perspectiva, a taxa de empréstimos em Bitcoin na maioria das plataformas chinesas é de 0,1% em média. Plataformas como a Poloniex oferecem taxas tão baixas quanto 0,04%, tornando-se uma opção muito mais barata para os que operam fora da China, naturalmente. Uma vez que a Poloniex não tem suporte para CNY, não se torna portanto, opção atraente para os traders chineses

Além disso, a maioria das plataformas chinesas não são apenas exchanges. Eles operam pools de mineração e outros serviços relacionados ao cryptoecossistema que permitem gerar receita. Todos esses esforços combinados pagam tranquilamente os custos de manutenção das exchanges. Contudo, isso não significa que essas empresas não estejam ganhando uma tonelada de dinheiro.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]