Bitcoin é um ativo anti-fragilidade

O Bitcoin vem enfrentando fortes oscilações no último mês. Depois de negociar na faixa de US$ 10.000 por mais de duas semanas, o Bitcoin sofreu uma grande liquidação, que reduziu o preço para US$ 9.500.

O Bitcoin tem visto um aumento constante no preço desde o início do ano e, ao chegar a US$ 13.000 em julho, levou muitos a acreditarem que a moeda estava em um rali que seria comparável ao final de 2017. Mas, depois caiu para sua mínima mensal de cerca de US$ 9.400 e os ânimos arrefeceram.

Com a maioria dos investidores focados em micro fatores ao analisar os movimentos de preços do Bitcoin, o quadro geral geralmente é esquecido. Um investidor e analista compartilhou um conjunto interessante de dados no Twitter que ilustra perfeitamente esse problema:

Outros analistas importantes parecem concordar que a atual consolidação de preços do Bitcoin aponta para uma forte corrente ascendente. Willy Woo, analista de criptografia e parceiro da Adaptive Capital, disse que, apesar de ter sido “superaquecido” nas últimas semanas, o preço atual do Bitcoin acabou de se recuperar de sua média móvel de 128 dias.

Ele explicou que o Bitcoin historicamente tocou a linha de média móvel de 128 dias muitas vezes durante os mercados em alta e que ajudou a manter a base, mesmo durante as principais oscilações de preços.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]