Série ICO: Uma exchange com taxa zero? Conheçam o Clube Bitcoin

O mercado de exchanges está hiper aquecido e tem atraído a atenção de vários investidores no mundo, devido ao seu poder de concentração de ativos e devido a sua capacidade de gerar lucro de forma diária e passiva, utilizando-se das taxas. Quem faz trade diário, sabe o quanto as taxas impactam seu portfólio e por conseguinte seu lucro. Praticamente todas as exchanges vivem disso e raramente abrem mão dessa fonte de renda que pode gerar milhões ao longo de um ano de operação ou até bilhões, como publicamos aqui nesse portal, um artigo mostrando como exchanges como Binance, movimentam milhões diariamente com suas taxas.

Embora as taxas sejam um mal necessário, nessa poderosa indústria e fugir delas é o sonho de todo trader. Quem não gostaria de operar numa exchange na qual não houvesse taxas? Eis que isso já vem se tornando possível, senhores.

O projeto de uma nova exchange que promete que os seus membros não pagarão nenhuma taxa de comissão sobre as operações de compra, venda, depósitos ou saques, tanto em Reais quanto em cryptomoedas, se tornará realidade em breve – Clube Bitcoin.

O Clube Bitcoin será uma exchange que terá como meta, a não cobrança de taxas para transações e para tornar esse plano realidade, ela será lançada, assim como fora com a Binance e com a Kucoin que lançaram ICO’s para iniciarem suas atividades. Sem dúvida, um projeto inovador no cenário já pulverizado de exchanges no Brasil, no qual seguem sempre o mesmo modelo de negócio: a cobrança de taxas.
Os fundadores da plataforma são o empresário Valdiney Pimenta e o engenheiro André Hamada, ambos também traders, – habituados a negociar com frequência e conhecem as agruras de se operar tendo que levar em consideração o impacto das taxas em seus trades.
Eles notaram que as corretoras estavam cobrando taxas muito altas, especialmente quando comparado com corretoras internacionais. Segundo Valdiney, algumas vezes as corretoras chegavam a ganhar três vezes mais que ele, e sem correr nenhum risco .

“Além disso, apesar das altas taxas, é comum ver os usuários dessas corretoras reclamando da má qualidade dos serviços, como demoras nos depósitos e saques, suporte ineficiente, problemas e erros nas plataformas…”

André explica que foi o incômodo com essa situação que os levou a propor um modelo diferente para negociar cryptomoedas. Os modelos atuais são basicamente dois: O primeiro, as  corretoras convencionais, onde se paga altas taxas. O segundo é a negociação direta, também conhecida como P2P, que normalmente é mais lenta e por conseguinte mais arriscada (se você não tiver boas referências é prejuízo na certa).

O modelo proposto é uma espécie de clube de negociadores, onde os membros não pagam nenhuma taxa de comissão. Podem negociar à vontade, sem nenhum custo. No entanto, enfatizam os fundadores:

“Apenas os membros do clube terão isenções de taxas, dos demais usuários serão cobradas taxas normalmente, apesar de bem menores que as praticadas pelo mercado”.

Ressaltam ainda que a quantidade de membros que o clube aceitará é limitada.
Para fazer parte do clube, bastará adquirir os tokens que estão sendo distribuídas através de um ICO que se iniciará no dia 09. Com essa campanha de ICO, eles levantarão os fundos necessários para aprimorar a plataforma, que já está em desenvolvimento e deverá ter sua primeira versão lançada em Julho, conforme consta seu roadmap.

Segundo os fundadores, a empresa deverá começar suas atividades pelo Brasil, mas já tem planos para expandir por outros países da América Latina.

ICO do Clube Bitcoin:

O ICO do Clube Bitcoin se iniciará em 09 de Maio, finalizando assim que os token CBTX se esgotarem, ou, no máximo, em 31 de Agosto 2018.
O token nativo da plataforma será conhecido também como Utility Tokens e sua emissão está divida em quatro diferentes lotes, sendo que os primeiros possuem valores menores, além de bônus extras de acordo com a data de aquisição.

A aquisição dos tokens do Clube se dá através de Bitcoins ou Ethereum.
Para receber mais informações, basta se cadastrar com e-mail no site e conferir o projeto em detalhes no White Paper, disponibilizado na página da empresa.

 

Siga-nos no Telegram   no WhatsApp   no Twitter

Empreendedor, Cientista de Dados e cryptopesquisador.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!