O que devemos aprender sobre o caso da Unick Forex

Não é de hoje que todos sabem que promessas de altos rendimentos são sempre uma sinalização de que quando a esmola é demais o santo deve desconfiar.

Costumamos sempre dizer para as pessoas que nos perguntam sobre investimento em cryptomoedas, se ouvirem na mesma frase: grupos, níveis e bitcoin(ou qualquer outra crypto)corre que é furada.

A Unick Forex está ultimamente aparecendo muito na mídia nos cadernos policiais. Não nos parece um feito a ser louvado. Assim como foi o também caso recente da JJ Investimentos, de Jaime Jaimovick, que enganou gente famosa e até grandes jogadores de futebol, como Zico a colocar dinheiro no seu fantástico fundo de investimento. Cerca de R$170 milhões foram de ralo, leia mais aqui. O último escândalo da semana é com um agente autônomo de investimento da corretora BankRio, ligados a XP Investimentos, onde o agente criou um esquema parecido, oferecendo entre 10 a 20% de lucro e sumiu com R$20 milhões dos clientes e se matou, quando descoberto. Leia mais aqui.

O mais novo episódio é o caso do vazamento de 36 mil dados dos clientes, sendo que os hackers que promoveram esse ataque estão pedindo 4 bitcoins para não divulgarem mais 100 mil dados.

Mas o que vem nos chamando a atenção nesse episódio é o elemento falta de segurança. Mas um caso de hackerismo no mercado de crypto. Algo corriqueiro por sinal. Quando não são casos diretos de invasão ou phishing, há casos ainda mais escabrosos, como os do QuadrigaCX. Onde o CEO morreu e levou consigo para o além as chaves de acesso às carteiras onde estavam os fundos dos clientes. Algo na ordem de CA$180 milhões de dólares canadenses. Leia mais sobre aqui.

É urgente que se aborde a questão da segurança da informação e que se siga regras rígidas de protocolos de segurança, como os CCSS (Cryptocurrency Security Standard) que foi introduzido em 2014 para fornecer orientações específicas para o gerenciamento seguro de cryptos. Este protocolo de segurança é atualmente o padrão para qualquer sistema de informação que manipule e gerencie cryptocarteiras.

Em tempo, nenhuma exchange no Brasil ou qualquer empresa ligada à crypto ainda o seguem e pelo visto a Unick Forex também não.

Siga-nos no Telegram   no Instagram  no Twitter

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]