Foxbit realiza evento para mulheres sobre o impacto das criptomoedas no mercado de trabalho

Os eventos do projeto Woman in Tech têm como missão fomentar a participação feminina no universo do bitcoin

A Foxbit, empresa brasileira e principal exchange de bitcoin da América Latina, realiza no dia 24, às 18h, a 4º edição do Woman in Tech – Mulheres no Mundo da Criptoeconomia. O evento, que será realizado no Cubo, em São Paulo, discutirá o impacto das criptomoedas no campo jurídico e no mercado de trabalho.

De acordo com Natália Garcia, diretora jurídica e sócia da Foxbit, o Woman in Tech surgiu para fomentar a participação feminina no universo das criptomoedas. “As mulheres representam menos de 5% dos investidores em bitcoin e a participação é minoritária nas carreiras ligadas a tecnologia como um todo. A Foxbit quer dar sua contribuição para mudar esse quadro”, afirma.

Além de Natália, o evento contará com a participação de Mayra Siqueira, jornalista da Foxbit, com passagens por Sportv e Rádios CBN e Globo, Carolina Morandini, head de Startups & Business Development da Telefônica Open Future & Wayra Brasil, e Suzi Hong, advogada com experiência no atendimento de empresas nacionais e multinacionais do setor de tecnologia e inovação, e mercado de capitais.

SERVIÇO:

Evento: 4º EDIÇÃO WOMAN IN TECH – MULHERES NO MUNDO DA CRIPTOECONOMIA

Data: 24 de abril, das 18h às 21h

Local: Rua Casa do Ator, 919 – Vila Olimpia

Ingresso: R$20 + R$2 (taxas)

Mais informações: https://www.sympla.com.br/4-edicao-woman-in-tech—mulheres-no-mundo-da-criptoeconomia__272529

 

Sobre a FOXBIT

A Foxbit, empresa brasileira, é a maior bolsa de Bitcoins da América Latina com mais de 400 mil clientes, com 5 bilhões de reais transacionados. Uma empresa formada por um time apaixonado por disrupção, tecnologia e pessoas. Há quatro anos, revoluciona o mercado financeiro brasileiro e fomenta a Criptoeconomia. Por meio da tecnologia, a exchange entrega agilidade, transparência e segurança para os seus clientes, proporcionando a melhor experiência para negociar criptomoedas no Brasil.

 

Siga-nos no Telegram   no WhatsApp   no Twitter

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]