Economia de Marte será baseada em criptomoedas, diz Elon Musk

O controverso e sempre polêmico Elon Musk, voltou a falar sobre seu sonho de que as futuras colônias marcianas que ele pretende fundar terão a sua economia baseada em criptoativos.

Elon Musk, espera enviar os primeiros humanos a Marte no início de 2024, com o objetivo final de estabelecer uma “cidade autossustentável em Marte o mais rápido possível”.

O projeto Marscoin foi fundado em 2014 e viu um breve aumento na popularidade em 28 de dezembro de 2017, durante o boom das criptomoedas, seu markecap nessa data era de US$ 1.088.0000, mas desde então caiu na obscuridade e a única exchange que negociava o token, a NOVA teve seu projeto encerrado em janeiro de 2020. A altcoin atualmente não tem capitalização de mercado e não há dados de acordo com a CoinMarketCap.

Imagem: Coinmarketcap
 

Uma civilização interplanetária

Musk vem chamando a atenção dos governos quando afirma que Marte não terá um governo organizado como os que estamos acostumados e sim uma sociedade de consenso, algo que vem de encontro à ideia das criptomoedas com efeito.

Para ele, Marte terá a chance de fundar uma sociedade mais igualitária e focada em valores mais colaborativos. 

De acordo com as leis internacionais de soberania, o espaço sideral é considerado território internacional, como os mares abertos e para Musk Marte não deve seguir tais regras.

“Nenhum governo baseado na Terra tem autoridade ou soberania sobre as atividades marcianas”. – Elon Musk

A visão de Musk se coaduna com a da Earthlight Foundation que preconiza os “Direitos e Deveres da Humanidade perante o universo”, na qual se afirma que Marte e todos os demais planetas do sistema solar são livres e acessíveis a todos livremente.

Respondendo a um tópico do Twitter iniciado pelo pesquisador de IA Lex Fridman, Musk concordou que “a economia de Marte funcionará baseada em criptoativos”, sugerindo que poderia ser com a novidade criptomoeda dogecoin ou a criptomoeda Marscoin.

 

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]