Cartão de crédito da Apple não permitirá compra de cryptomoedas e nem bilhete de loteria

O novo cartão de crédito da Apple e da Goldman Sachs não permitirá que os usuários comprem criptomoedas. Isso, de acordo com um contrato focado em clientes publicado no site da Goldman Sachs em 2 de agosto.

O acordo observa que o cartão não pode ser usado para obter adiantamentos em dinheiro ou equivalentes a dinheiro que incluam moedas digitais, bilhetes de loteria, apostas em pistas de corrida e fichas de jogos de cassino.

Segundo a Reuters, a administração da Apple introduziu o cartão como parte de seus esforços para aumentar a receita de seus negócios de serviços, depois de depender muito de vendas de hardware por muitos anos. A receita da gigante de tecnologia de seus smartphones caiu 12% no último trimestre.

A parceria da Goldman Sachs com a Apple está focada no desenvolvimento de produtos e serviços que melhorarão os negócios voltados ao cliente do banco. No entanto, a administração da instituição financeira não parece estar muito confiante na estabilidade do mercado de criptomoedas.

Em agosto de 2018, o Goldman divulgou um detalhado relatório de perspectivas econômicas de 42 páginas, no qual argumentava que as criptomoedas não cumprem as três principais funções de uma moeda. Segundo o banco de investimento, os criptos não são um meio eficaz de troca, armazenamento de valor ou unidade de conta.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]