Atualização ‘bomba de dificuldade’ do protocolo Ethereum, foi adiada mais uma vez

Os desenvolvedores da Ethereum concordaram em adiar um recurso conhecido como ‘bomba de dificuldade’ mais uma vez para evitar complicações na fase de transição da prova de trabalho (Proof of Work) para o teste de participação (POS – Proof Of Stake) que faz parte da próxima atualização de rede.

A decisão foi tomada na reunião mensal da 76.ª edição do Ethereum Core Developer, realizada na última sexta-feira, 29 de novembro. Nenhum dos participantes da discussão protestou contra o adiamento. No entanto, houve troca de opiniões sobre a questão inflacionária. Conforme publicado pela Coindesk.

O hard fork proposto adicionará a primeira fase de transição para o POS, também conhecidos como ETH 2.0, criando uma ponte entre o mecanismo de consenso atual e o novo. Os desenvolvedores chegaram a um consenso aproximado em relação ao novo EIP para adiar a ‘bomba de dificuldade’.

É terceira vez desde 2015 que a ‘bomba de dificuldade’ foi adiada, pois em 2018 o hard fork da Bizâncio o atrasou em 3 milhões de blocos, e em fevereiro deste ano o hard fork da Constantinopla o atrasou em outros 2 milhões de blocos.

O EIP 2387, concentra-se em atrasar a bomba de dificuldade desde o hard fork da atualização Istambul, também conhecida como Era do Gelo. O EIP levaria a Era do Gelo para trás em 4 milhões de blocos ou 611 dias, para um total de 9 milhões de blocos.

Tim Beiko, gerente de produtos de engenharia do protocolo PegaSys twittou sobre o amplo consenso existente entre os desenvolvedores sobre a ideia de atrasar a bomba de dificuldade da rede Ethereum em outros 4 milhões de blocos.

A bomba de dificuldade é um mecanismo programado que foi implementado para reduzir a probabilidade dos mineradores continuarem executando o algoritmo do Teste de Trabalho a Longo Prazo. Dessa forma, o sistema é pressionado até que se torne difícil usar esse mecanismo de consenso. É um esquema que ajustará a dificuldade de processamento por Prova de Trabalho e, por sua vez, motivará os mineiros a migrarem para a modalidade de Prova de Participação. 

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]