Agência Tributária de Cingapura propõe isenção de imposto para transações com cryptoativos

O governo de Cingapura apresentou uma proposta para remover o imposto sobre bens e serviços (GST, na sigla em inglês) de transações em criptoativos. Em seu guia preliminar de e-Tax publicado na semana passada, a Autoridade de Receita Federal de Cingapura (IRAS, sigla em inglês) recomendou que “tokens de pagamento digital” fossem isentos do GST em transações em que funcionasse como meio de troca. De acordo com informações apuradas pelo Cryptowatch.

Se o rascunho do guia do IRAS for ratificado, as entidades de Cingapura a partir de 1º de janeiro de 2020, poderão transacionar em criptomoedas sem pagar o GST.

Atualmente, o IRAS está “buscando feedback” sobre a proposta de mudança do tratamento de GST “de empresas que lidam com tokens de pagamento digital”. A agência tributária considerará quaisquer comentários enviados a ele antes de 26 de julho de 2019.

%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]