O fundador da Ethereum chama o suposto fundador do Bitcoin, Craig Wright, de fraude

A batalha entre o fundador da Ethereum, Vitalik Buterin, e o chamado criador do Bitcoin Craig Wright, que vem acontecendo há anos, não mostra sinais de terminar em breve.

No começo do dia Vitalik no Twitter expressou seu descontentamento contra Wright. Vitalik começou seu discurso compartilhando seus pensamentos sobre o evento “Bitcoin, Controversy over Principment” que estava sendo realizado na conferência Deconomy. Um dos segmentos do evento incluiu uma discussão com o CEO da Bitcoin.com, Roger Ver e Craig Wright.

Vitalik passou a destacar as partes interessantes do evento ao vivo twittando sobre isso. Entre outras discussões, ele também explicou às pessoas e seus fãs sobre a sobreposição entre moeda tradicional, comumente conhecida como moeda fiduciária, e essas moedas digitais da nova era. Ele também explicou aos usuários sobre os princípios e conceitos básicos sobre moedas descentralizadas.

Um de seus tweets interessantes, que é o assunto deste artigo, começou quando Craig Wright começou seu discurso no evento. Vitalik, em seguida, passou a desbancar todos e cada um dos pontos de Wright que ele apresentou em seu discurso, que começou com Vitalik corrigindo Wright sobre o uso do dinheiro no advento da humanidade na história e seus pontos onde ele disse que o Bitcoin precisa ser revisado e os tecnocratas têm a responsabilidade de corrigir as falhas da moeda.

Vitalik também zombou do jeito que Wright mostrou algumas apresentações enquanto falava, dizendo que essas apresentações não estavam explicando nada e que sua maneira de explicar a descentralização do Bitcoin era uma farsa e completamente incorreta e até equivocada.

Vitalik também criticou Wright por defender o ASIC para mineração com protocolo ethash. Em resposta ao anúncio feito pela Bitmain em lançar Ethereum ASIC, como já noticiado nesse portal. Enquanto Wright falou sobre seus benefícios, Vitalik explicou como a mineração ASIC corrói o princípio de descentralização das cryptomoedas que prejudica todas as partes no processo. Notando que ele estava em um “clima de confronto”, Buterin disse que Wright tinha feito uma afirmação “descaradamente falsa” sobre a dificuldade de uma certa tarefa criptográfica e fazer a Rede Lightning funcionar. Mas o que realmente incomodou Buterin foi a afirmação de Wright sobre a teoria do “mineiro egoísta”. Wright aparentemente disse que “no contexto da mineração egoísta, o Gamma pode ser menor que zero”.

 

Buterin tomou a palavra, afirmando:

É uma afirmação absolutamente absurda. Não faz sentido porque gamma é a porcentagem da rede que está conluindo com os mineiros, o que, por definição, é entre 0 e 1. Então, considerando que ele comete muitos erros absurdos, por que ele está falando? – por que essa fraude é permitida? falar nesta conferência?

Samson Mow, CSO da Blockstream, rapidamente apoiou a pergunta em aplausos e risos audíveis.

Refutação de Wright

A mineração egoísta é um vetor de ataque do Bitcoin. Wright esclareceu que seu significado era que “mineiros honestos” seriam recompensados ​​em oposição aos mineiros egoístas. Wright escreveu sobre o assunto anteriormente.

Na briga, Joseph Poon, co-criador da Rede Lightning, levantou-se para dizer que como um desenvolvedor da Rede Lightning e autor de seu whitepaper, ele não entendia a apresentação de Wright e que ele sentia que a maioria dos outros estavam no mesmo barco. A rede Lightning já alcançou mais de 40% da rede e sua adesão está escalando rapidamente, permitindo a barateamento das taxas do Bitcoin, como já noticiado nesse portal.

A confusão seguiu-se no Twitter:

 

 

                          Conheça nosso canal no Telegram
%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]