Estado de Nova York resolve sobretaxar energia elétrica dos mineiros.

A Comissão de Serviço Público do Estado de Nova York decidiu na semana passada cobrar taxas de eletricidade mais elevadas para empresas de mineração de cryptomoedas que exigem enormes quantidades de eletricidade para realizar negócios.

A decisão ocorreu durante a mesma semana que Plattsburgh, uma pequena cidade no estado de Nova York com 20 mil habitantes, proibiu a mineração por 18 meses depois que suas baixas tarifas de eletricidade tornou a pequena cidade um ímã para os mineiros. Plattsburgh, possui o fornecimento de energia elétrica mais barata do mundo, devido a sua proximidade a uma hidrelétrica. Enquanto o custo por energia nos EUA custa em média US$10 o kilowatt/H, em Plattsburgh custa somente US$0.02.

Em vez de permitir que os mineiros consumissem eletricidade às mesmas taxas que os clientes e as empresas, o estado de Nova York decidiu permitir que suas empresas de energia criassem taxas diferenciadas para classificar os consumidores residenciais ou negócios que demonstrassem estar consumindo energia para fins de mineração.

Em uma declaração sobre a decisão, o comissário, John Rhodes, membro da New York Municipal Power Agency (NYMPA) que representa os sistemas elétricos municipais, disse que era necessário nivelar o jogo e evitar que os preços locais de eletricidade dos clientes residenciais e empresariais fossem disparados devido à crescente demanda local por eletricidade.

“Nós sempre recebemos e incentivamos as empresas a construir e expandir seus negócios em Nova York. No entanto, devemos garantir que os clientes comerciais paguem um preço adequado pela eletricidade que eles usam. Isto é especialmente verdadeiro em pequenas comunidades com quantidades finitas disponíveis de eletricidade de baixo custo. Se não tivéssemos agido, os clientes residenciais e comerciais veriam altos aumentos em suas contas de serviços públicos “.

Além de Plattsburgh, a comissão constatou que, nos últimos meses, várias autoridades de poder municipal viram um aumento nos pedidos de autorização de instalação de empresas que passaram a consumir quantidades exorbitantes de energia.

A comissão logo constatou que se trata de fazendas de mineração. Constatou-se que, em alguns casos, os mineiros representam 33% da carga total da empresa municipal, que chamou de “uma quantidade extraordinária de energia para um único cliente usar”.

Existem pelo menos três empresas de mineração que operam no estado de Nova York, de acordo com NYMPA. Os mineiros começarão a receber suas contas sobretaxadas até o final do mês.

 

                            Conheça nosso canal no Telegram.
%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]