Bitcoin cai abaixo de US$7.000, Cryptos recuam em meio a temores à guerra comercial

Bitcoin, Ethereum, Litecoin e outras cryptomoedas têm suportado um mercado de baixa por meses. No início desta semana, o Bitcoin e o Ethereum, as duas maiores cryptomoedas por capitalização de mercado, não conseguiram se recuperar além das marcas de US$7.500 e US$450, respectivamente. No momento feitura desse artigo, o Bitcoin está sendo negociado a US$6.923, enquanto a Ethereum está em US$ 385,41.

O Bitcoin, de acordo com o analista da Phantom Strategies, precisou-se quebrar a marca de US$7.500 para estabelecer uma base forte para continuar. Nesta quarta-feira de manhã, a maioria das cryptomoedas iniciaram um rally, embora tenham recuperado algum ganho, contudo novamente houve perdas seguidas nas últimas horas.

Tarifas e guerra comercial

Algumas das cryptomoedas mais afetadas, no momento da publicação, são NEO e Litecoin, já que ambas perderam cerca de 11% de seu valor no último período de 24 horas. Suas perdas foram seguidas por Stellar e Dash, já que ambas caíram quase 10%. O cenário atual entre a China e os EUA está afetando os mercados globais e pode estar afetando também as cryptomoedas.

As trocas intensivas de tarifas comerciais entre os EUA e a China continuam a criar um ambiente frágil aos investidores. A China recentemente retaliou a política protecionista dos EUA com tarifas sobre mais de 128 importações americanas. Isso, combinado com outros eventos, levou a vendas significativas nos índices dos EUA.

De acordo com a CNBC, o Bitcoin sofreu um dos seus piores trimestres neste ano, já que se viu a emblemática cryptomoeda perder mais de US$114 bilhões como já noticiamos aqui nesse portal. A Ripple (XRP) também viu seu valor cair no que está sendo considerado seu pior trimestre, também como já noticiamos aqui nesse portal. O token XRP caiu 77% nos primeiros meses deste ano.

Recentes acusações feitas à Centra Tech, uma empresa que tá lançando uma ICO endossada por celebridades populares como o lendário boxeador Floyd Mayweather e o artista DJ Khaled, podem ter contribuído para o declínio do mercado.

No entanto, segundo Mati Greenspan, analista sênior de mercado da eToro, a queda pode não estar relacionada à guerra comercial. Ele disse:

“Eu acho que existe uma grande conexão na forma como as pessoas estão gerenciando seus portfólios e as cryptomoedas estão cada vez mais correlacionadas com os mercados de ações, especialmente nas últimas semanas. Com isso como mais e mais corretores estão adicionando o Bitcoin às suas carteiras, assim as pontes de liquidez estão sendo construídas “.

 

                           Conheça o nosso canal no Telegram
%d blogueiros gostam disto:

Nossa Newsletter

Inscreva-se para a nossa newsletter!

[mc4wp_form id="1627"]